Por Abia Digital

Publicado 23 de dezembro 2018

O Plano de Marketing Digital da sua empresa é essencial para estruturar ações, estratégias e definir objetivos.

A chegada do novo ano traz um conjunto de novos desafios à sua empresa.

É, também, uma oportunidade para atualizar os seus objetivos, redefinir estratégias e implementar novas ações que garantam o sucesso do seu Marketing.

Neste artigo, reunimos algumas das tendências e ações que deverá considerar introduzir no Plano de Marketing Digital da sua empresa de 2019.

Vamos a isso.

1 – Definir Objetivos para 2019

Temos de começar pelo início.

Sem objetivos o seu plano não o é.

Não estabelecer objetivos para o Marketing, como, por exemplo, é feito para o Comercial, é algo comum entre as empresas portuguesas.

A importância  do Marketing para o sucesso global é altamente subestimada pelos líderes das organizações.

Deve ser pedra basilar da estratégia da empresa.

É algo que tem vindo a mudar, mas o esforço deverá ser maior.

Plano de Marketing Digital para Empresas

Os objetivos de Marketing da Sua Empresa devem estar alinhados com as metas estabelecidas para o negócio, tanto do ponto de vista de mercado como financeiro.

O que pretende alcançar no novo ano?

A compreensão dos pontos fortes e fracos da sua estratégia, nas oportunidades e ameaças para o seu negócio é essencial para atingir os seus objetivos.

Como vai estabelecer objetivos? Os pontos abaixo conferem-lhe organização.

  • Onde está a minha empresa agora? Clientes, Mercado, Concorrência e Parceiros.
  • O Que Preciso Otimizar? Posicionamento, Oportunidades Desperdiçadas e Orçamento.
  • Como Alcançar os Meus Objetivos? Estratégia de Marketing, Implementações Chave e Orçamento Proposto.
  • Medir e Avaliar. Monitorizar Tudo!

Identificar os seus objetivos irá ajudar a compreender a essência das suas estratégias.

Onde deve apostar, o que deve reforçar ou o que está a ser um desperdício de recursos.

Exemplo: Se está a começar um novo negócio os seus principais objetivos poderão ser ganhar visibilidade e confiança dos seus clientes.

O seu foco estará no investimento em publicidade paga, dinamização do seu blog e na construção de uma presença forte nas redes sociais.

A sua estratégia passará pela diferenciação na comunicação dos seus serviços relativamente à concorrência.

Exemplo: Se a Sua Empresa já é uma referência no mercado, então considere atingir uma meta de crescimento de X%, lançar um novo produto ou serviço e avançar para uma estratégia de retenção de clientes.

Saiba mais descarregando o exemplo de Plano de Marketing Digital Para Empresas 2019.

2 – Vídeo: Aposta ou Continuidade Vencedora

O Vídeo Marketing tornou-se preponderante na estratégia de qualquer organização.

Segundo o estudo da Marktest, Portugueses e as Redes Sociais, já em 2017, 89% dos inquiridos diziam ver vídeos nas redes sociais.

Os conteúdos mais visualizados no Facebook e Instagram são vídeos.

Mas vai muito além das redes sociais.

Não pense no vídeo apenas como o típico vídeo institucional onde mostra os seus serviços e produtos.

Vídeo é mais do que isto.

Vídeos com estórias, que se relacionem com pessoas e que definitivamente ajudam-no a vender os serviços e/ou produtos da sua empresa.

Segundo a Forbes, 65% dos administradores visitam o website da empresa depois de ver um vídeo, 39% telefonam para um comercial.

E produzir está cada vez mais simples, barato e rápido.

A crescente importância do Vídeo SEO para o posicionamento em Google da sua marca ou empresa é algo que deve reter a sua atenção.

agencia-de-marketing-digital
Reproduzir vídeo

Vídeo Marketing deve certamente fazer parte do seu Plano de Marketing Digital para 2019.

3 – Facebook Veio para Ficar

Ao contrário de algumas plataformas que se remeteram ao esquecimento depois uma explosão de popularidade, o Facebook está longe de estar acabado.

Mesmo depois do escândalo da Cambridge Analytics.

Abanou, mas não caiu.

Facebook Messenger para empresas

 

Lead Ads do Facebook

O novo gestor de anúncios do Facebook e Instagram permite direcionar as leads para um formulário sem deixar a plataforma.

O formulário relaciona-se com a informação que já existe do utilizador e caem diretamente na sua base de dados, caso integre a plataforma ao seu CRM.

Facebook Messenger

Considere estes números do Facebook Messenger:

  • 1.3 mil milhões de utilizadores estão ativos por mês no Facebook Messenger (igual ao Whatsapp)
  • 2 mil milhões de mensagens são enviadas entre pessoas e empresas todos os meses através do Facebook Messenger

O crescimento das apps de mensagens para efeitos de negócio não pode ser ignorado.

Cada vez mais pessoas e empresas comunicam por Facebook Messenger, Whatsapp ou Linkedin Messenger.

Facebook Live

Utilizar o potencial do vídeo e partilhar diretamente no feed da sua audiência, onde pode impactar os seus clientes.

Facebook Watch

Watch permite criar vídeos em série e mostrá-los ao seus público.

É como se fosse uma série de TV.

Pode criar episódios e manter o seu público-alvo envolvido no seu conteúdo.

4 – Utilizar Marketing Automation

Criado de raíz no E-Mail Marketing, o Marketing Automation ou Marketing Automatizado é uma tecnologia que essencialmente agiliza o seu trabalho e permite-lhe recolher informação valiosa para tomar as decisões corretas para o seu negócio.

A vantagem é unir canais de retenção e aquisição de clientes diferentes para se adequar ao funil de conversão da sua empresa.

Permite elaborar estratégias multicanal, onde o e-mail, redes sociais, conteúdo e mobile estão interligados.

Facilita a interação com o seu cliente ideal no momento certo através do canal adequado.

Deixa de ser orientado para todos e passa a ser direcionado para o cliente-tipo.

A plataforma WordPress – que diz alimentar 33% da internet – utiliza plugins fáceis de integrar com diversas aplicações automatizadas.

Exemplo:

Vamos tentar manter bastante simples.

O Popup Builder permite-lhe construir formulário popups que pode utilizar no seu site para recolher e-mails dos seus visitantes.

É possível direcionar esses e-mails para o Mailchimp , onde tem criado uma lista que corresponde a determinado segmento do seu público-alvo.

Assim que recebe uma subscrição é enviado um e-mail automático para o seu cliente com um conteúdo que idealizou para realizar uma venda, por exemplo.

Poderá medir todas as interações do seu cliente através da integração com o seu Google Analytics e perceber a eficácia da sua campanha.

No Analytics poderá criar listas de público-alvo que tiveram comportamentos similares e direcionar ações de remarketing através do Google Ads ou do Facebook para incentivar a compra do produto.

Perdido?

Marketing Automation ou E-mail Marketing Automatizado

Se não está familiarizado com a integração de múltiplas aplicações comece por uma plataforma de e-mail.

É uma excelente base para iniciar a automatização de processos.

Se pretende algo mais elaborado, pode utilizar o Adobe Target, por exemplo.

É uma ferramenta que permite recolher e analisar informação das redes sociais, comportamentos do público-alvo e histórico de compras com o intuito de gerar conteúdo personalizado para os seus clientes.

5 – O Site Continua a Ser a Porta de Entrada da Sua Empresa

As Redes Sociais assumem hoje preponderância acentuada no contacto e interação com o seu público-alvo.

Mas, lembre-se, o seu site continua a ser o ponto de referência dos seus clientes sempre que procuram conhecer o seu negócio, serviços, soluções, ferramentas, credibilidade, contactos e identidade.

Audit ao Site

Identifique os pontos fortes e fracos do seu site e se este contribui para atingir os objetivos da sua empresa online.

Não precisa de ser uma sumidade nos aspetos técnicos do seu site.

O espírito crítico, o estudo da concorrência e a clarividência do que é necessário fazer para que a sua estratégia resulte é o seu melhor ponto de partida.

Se entender que precisa de aprofundar a análise peça ajuda externa.

Por vezes, um olhar de um contexto e enquadramento exterior revelam oportunidades que nunca imaginou.

Logótipos, imagens quebradas, links errados, conteúdo desatualizado é algo que deve verificar.

Contudo, a prioridade é analisar e rever o SEO, testar a usabilidade para telemóveis e tablets e otimizar os diferentes trajetos de conversão dos seus clientes.

6 – Criar um Blog em 2019

Bem, se a sua empresa não tem um blog considere criar uma estratégia para o seu blog e depois crie o blog.

Pense no blog como uma ferramenta que permite melhorar o posicionamento do site da sua empresa e gerar tráfego.

Ao mesmo tempo, estará a ajudar os seus clientes com conteúdo interessante e pedagógico que contribui para a retenção, fidelização e ligação coesa ao seu negócio.

Nada melhor que um cliente fiel.

Aproveite este conteúdo para as suas newsletters, redes sociais, vídeos, até como incentivo para uma compra.

Leve o artigo consigo

Se gostou deste artigo partilhe e comente

Quero Receber Conteúdo Exclusivo Sobre Marketing Digital

agencia-de-marketing-digital

→ Estratégias e Soluções
→ Ferramentas e Análises
→ Guias, Tutoriais e Dicas
→ Ofertas e Promoções

Acompanhe-nos

Saiba Como Trazer Clientes para o Site da Sua Empresa Sem Gastar 1€

2 Thoughts to “Plano de Marketing Digital 2019: O Que Deve Considerar Implementar no Novo Ano”

  1. What’s up to all, it’s actually a good for
    me to pay a visit this site, it includes important Information. fotballdrakter barn AdrianaSh magliette
    calcio CoryFhthn
    LorriPark Barcelona Fotbollströja Barn MilesesDi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *